Logomarca Elo Internet

Usuários



E-mail: Senha:

-

Fale Conosco

Tábua de Marés

Dólar - Cotações

Dólar EUA - 29/11

Compra: R$ 2,5771
Venda: R$ 2,5777

Dólar EUA (PTAX) - 29/11

Compra: R$ 2,5595
Venda: R$ 2,5601

Blogs Parceiros

Alerta aos banhistas: cuidado com as caravelas

Caso seja queimado pela toxina do esporão da caravela, nunca use água doce sobre o local afetado. Isso só aumenta o efeito do ...

Caso seja queimado pela toxina do esporão da caravela, nunca use água doce sobre o local afetado. Isso só aumenta o efeito do veneno e como conseqüência maior ardor e sensação de queimadura. Use vinagre, podamas a base de corticóide e muito gelo.  

A Guarda Municipal está realizando um intenso trabalho de orientação aos banhistas que freqüentam as praias de São Luís para evitar casos de afogamento e para diminuir os acidentes com as caravelas (águas-vivas), muito comuns nesse período do ano. Os salva-vidas da Guarda passaram por um treinamento com uma bióloga para melhor alertar sobre os cuidados com as caravelas, também conhecidas como águas-vivas. Atualmente, a Guarda Municipal dispõe de 96 homens destinados à proteção das praias da Ponta da Areia e Olho D’Água, sendo que 12 compõem uma nova turma que está em treinamento e começará a atuar a partir da próxima semana.

É nessa época do ano que os organismos conhecidos como caravelas ou água-vivas se reproduzem. A areia da orla marítima está coberta desses organismos marinhos. Só no final de semana passado foram atendidas cerca de 30 pessoas que se queixavam de queimaduras. A maioria de crianças que não perceberam o organismo sendo arrastado pelas ondas.

A questão é que as caravelas possuem minúsculos tentáculos localizados em sua parte inferior, aquela que fica sempre embaixo da água, que dependendo do tamanho do organismo podem chegar a 1 metro. Esses tentáculos possuem uma espécie de esporão que introduz uma toxina na pele ao menor contato e provoca uma sensação de "queimação" que causa muita dor. Trata-se de uma defesa natural das caravelas contra os predadores. Os esporões costumam se fixar na pele e são facilmente identificados como pontos pretos em linha. A época de reprodução acontece sempre com temperaturas altas e pouca chuva, quando há um aumento da salinidade do mar.

“Nós orientamos os banhistas sobre os procedimentos que devem ser adotados no caso de queimaduras com caravelas. Não se deve usar produtos no local, apenas água do mar fria ou uma bolsa de gelo. Ainda não existe um remédio para tratar esse tipo de queimadura, mas aconselhamos a pessoa a não ir para o chuveiro, pois isso espalha o veneno”, orienta o chefe do Posto Salva-Vidas da Guarda Municipal, Edílson Menezes.

Aos finais de semana e feriados, o trabalho dos salva-vidas da Guarda Municipal é intensificado. Com a aproximação do período de férias, em que praias como Ponta da Areia e Olho D’Água são ainda mais freqüentadas, principalmente por crianças e adolescentes, que respondem pela maioria dos casos de afogamentos, os cuidados precisam ser redobrados. Não ultrapassar a área de arrebentação; não ingerir bebidas alcoólicas; não permanecer muito tempo na água para evitar câimbras e respeitar as placas de orientações, são algumas dicas importantes para reduzir o risco de afogamentos.

Paralelo ao trabalho de conscientização nas praias, a Guarda Municipal também está realizando palestras em escolas. Durante esta semana, os alunos da Unidade de Ensino Básico São Sebastião estão recebendo informações de como evitar afogamentos.

“Nós detectamos que os casos mais freqüentes de afogamentos envolvem moradores do Bairro de Fátima, São Francisco e Estiva, por isso, estamos realizando palestras em escolas dessas localidades. Já estamos na terceira palestra na Escola São Sebastião, onde já conversamos com 78 alunos. Daremos prosseguimento a esse trabalho no mês de março”, informou Edílson Menezes.

Com informações da Assessoria da Prefeitura de São Luís



Comentários sobre Alerta aos banhistas: cuidado com as caravelas

Seja o primeiro a comentar




Comentar

Nome:



Profissão:



E-mail:



Estado:



Comentário:



Digite os caracteres abaixo









Siga-nos pelo Orkut Siga-nos pelo Twitter

O que você achou dessa página?


Certificações:


CSS3 Validado

Dia do Migrante